Fale Conosco: (15) - 3227.7382 - André ou Edna

Postulados Morais – Estudos – LEI DE ADORAÇÃO

LEI DE ADORAÇÃO

ELEVAÇÃO DO PENSAMENTO

A busca do Pai Eterno. A elevação do pensamento nos momentos de prece sentida e sincera. São momentos assim que ensaiam o ser humano nas vibrações mais elevadas que no porvir hão de constituir-lhe a Paz e Serenidade da bem-aventurança.

649. Em que consiste a adoração?

– E a elevação do pensamento a Deus. Pela adoração o homem aproxima dEle a sua alma.

(O Livro dos Espíritos)

O templo fundamental da cada ser humano é o seu coração. A prece sentida não exige locais ou liturgias obrigatórias. Mais vale a oração feita no recinto da consciência do que o culto ostensivo e desprovido de sinceridade. Seja no templo, seja consigo mesmo, o homem deve orar sempre com a verdade de seu coração.

Por outro lado, pouco importa qual a religião que o homem siga, desde que busque aplicar os ensinamentos elevados semeados para todos com sinceridade e dedicação.

653. A adoração necessita de manifestações exteriores?

A verdadeira adoração é a do coração. Em todas as vossas ações, pensai sempre que o Senhor vos observa.

653-a. A adoração exterior é útil?

– Sim, se não for um fingimento. É sempre útil dar um bom exemplo; mas os que o fazem só por afetação e amor próprio, e cuja conduta desmente a sua aparente piedade, dão um exemplo antes mau do que bom, e fazem maior mal do que supõem.

654. Deus tem preferência pelos que o adoram desta ou daquela maneira?

Deus prefere os que o adoram do fundo do coração, com sinceridade, fazendo o bem e evitando o mal, aos que pensam honrá-Lo através de cerimônias que não os tornam melhores para os seus semelhantes.

– Todos os homens são irmãos e filhos do mesmo Deus, que chama para Ele todos os que seguem as suas leis, qualquer que seja a forma pela qual se exprimam.

– Aquele que só tem a aparência da piedade é um hipócrita; aquele para quem a adoração é apenas um fingimento e está em contradição com a própria conduta, dá um mau exemplo.

– Aquele que se vangloria de adorar o Cristo mas que é orgulhoso, invejoso e ciumento, que é duro e implacável para com os outros ou ambicioso de bens mundanos, eu vos declaro que só tem a religião nos lábios e não no coração. Deus, que tudo vê, dirá: aquele que conhece a verdade é cem vezes mais culpável do mal que faz do que o selvagem ignorante e será tratado de maneira conseqüente, no dia do juízo. Se um cego vos derruba ao passar, vós o desculpais, mas se é um homem que enxerga bem, vós o censurais e com razão.

– Não pergunteis, pois, se há uma forma de adoração mais conveniente, porque isso seria perguntar se é mais agradável a Deus ser adorado numa língua do que em outra. Digo-vos ainda uma vez: os cânticos não chegam a Ele senão pela porta do coração.

(O Livro dos Espíritos – grifei)

ADORAÇÃO INERTE

A adoração, enquanto elevação do pensamento, pressupõe que o ser esteja no enfrentamento de sua Vida cumprindo com o bom combate, lutando em seu dia-a-dia na edificação de seu aperfeiçoamento, cumprimento de suas tarefas, bem suportando as vicissitudes que lhe surjam no caminho.

A inércia de uma vida contemplativa, sem realizações e sem o esforço de aprimoramento perante a humanidade não tem maior valia para a alma.

657. Os homens que se entregam à vida contemplativa, não fazendo nenhum mal e só pensando em Deus, têm algum mérito aos seus olhos?

Não, pois se não fazem o mal, também não fazem o bem e são inúteis. Aliás, não fazer o bem já é um mal. Deus quer que se pense nEle, mas não que se pense apenas nEle, pois deu ao homem deveres a serem cumpridos na Terra. Aquele que se consome na meditação e na contemplação nada faz de meritório aos olhos de Deus, porque sua vida é toda pessoal e inútil para a Humanidade. Deus lhe pedirá contas do bem que não tenha feito.

(O Livro dos Espíritos – grifei)

A PRECE

Como já destacado, a Lei da Adoração pressupõe a elevação do pensamento, a busca de Deus mesmo nas limitações do homem. O meio mais eficaz do homem elevar suas vibrações é a prece sentida, sincera e meditada com o coração.  Sempre e sempre a intenção é o elemento fundamental da prece, pouco importando fórmulas ou sacramentos. Quando o homem ora com o coração, com sinceridade, põe em movimento a sua preciosa capacidade de ter fé, de confiar, de firmar na busca do Altíssimo a convicção de que o Pai a todos ouve.

658. A prece é agradável a Deus?

– A prece é sempre agradável a Deus, quando ditada pelo coração, porque a intenção é tudo para Ele. A prece do coração é preferível a que podes ler, por mais bela que seja, se a leres mais com os lábios do que com o pensamento. A prece é agradável a Deus quando é proferida com fé, com fervor e sinceridade. Não creias, pois, que Deus seja tocado pelo homem vão, orgulhoso e egoísta, a menos que a sua prece represente um ato de sincero arrependimento e de verdadeira humildade.

(O Livro dos Espíritos – grifei)

[...] A prece é um sustentáculo da alma, mas não é suficiente por si só: é necessário que se apoie numa fé ardente na bondade de Deus. [...]

(O Evangelho Segundo o Espiritismo – pág. 108 – grifei)

[...] Qualquer que seja o caso, a prece nunca deixa de dar bom resultado. [...]

(O Livro dos Médiuns – pág. 111 – grifei)

8ª Podem obter-se curas unicamente por meio da prece?

“Sim, desde que Deus o permita; pode dar-se, no entanto, que o bem do doente esteja em sofrer por mais tempo e então julgais que a vossa prece não foi ouvida.”

(O Livro dos Médiuns – pág. 218 – grifei)

9ª Haverá para isso algumas fórmulas de prece mais eficazes do que outras?

“Somente a superstição pode emprestar virtudes quaisquer a certas palavras e somente Espíritos ignorantes, ou mentirosos podem alimentar semelhantes idéias, prescrevendo fórmulas. Pode, entretanto, acontecer que, em se tratando de pessoas pouco esclarecidas e incapazes de compreender as coisas puramente espirituais, o uso de determinada fórmula contribua para lhes infundir confiança. Neste caso, porém, não é

na fórmula que está a eficácia, mas na fé, que aumenta por efeito da idéia ligada ao uso da fórmula.”

(O Livro dos Médiuns – pág. 219 – grifei)

A prece pode permite louvar, pedir e agradecer, mas fundamentalmente a prece traz ao homem mais força interior na sedimentação de suas convicções pela conduta correta a ser tomada em cada momento da vida.

659. Qual o caráter geral da prece?

– A prece é um ato de adoração. Fazer preces a Deus é pensar nEle, aproximar-se dEle, pôr-se em comunicação com Ele. Pela prece podemos fazer três coisas: louvar, pedir e agradecer.

660. A prece torna o homem melhor?

– Sim, porque aquele que faz preces com fervor e confiança se torna mais forte contra as tentações do mal, e Deus lhe envia bons Espíritos para o assistir. É um socorro jamais recusado, quando o pedimos com sinceridade.

(O Livro dos Espíritos – grifei)

Outros Assuntos

Sobre o Autor

Marco Aurélio Leite da Silva

já publicou 15 artigos em nosso site.

A busca sincera pelas verdades espirituais impulsiona o ser no binômio Amar / Estudar. É preciso sempre e sempre nos colocarmos diante da Vida como aprendizes, sem preconceitos, sob a ótica de um universalismo que não admite fronteiras de espécie alguma, ainda menos quanto à origem dos ensinamentos que a Tradição Esotérica de todos os Povos registra no seio de toda a humanidade.

Deixe um Comentário sobre esse Artigo

Não fazemos psicografias!
Se você pretende deixar um comentário para pedir psicografias, infelizmente não poderemos atendê-lo nesse sentido. Se você deseja obter informações sobre esse tipo de atividade, acesse esse link para visitar outro site que pode lhe auxiliar neste sentido.

Copyright © 2014 Centro Espírita Batuíra Sorocaba. Todos os direitos reservados.