Fale Conosco: (15) - 3227.7382 - André ou Edna

O Santo Casamenteiro

05A jovem era devota de Antônio de Pádua. 

Orava, genuflexa, diariamente, reiterando rogativas:

– Abençoa meus familiares, dá-lhes saúde e paz. Quanto a mim, santo querido, peço seus préstimos, ajudando-me a encontrar um companheiro, um bom rapaz que realize meu sonhos de um lar feliz, abençoado por muitos filhos… 

A família até que ia bem, certamente amparada pelo santo… 
Quanto ao casamento, nada feito. Ele parecia fazer ouvidos moucos. Entrava ano, saía ano, e nada de aparecer o príncipe encantado. 
Já quase conformada em ser “titia”, viu-se, certa feita, em sonho, diante do grande pregador do Evangelho. 
Sem vacilar, cobrou-lhe resposta às reiteradas solicitações. 

– Meu santo, tenho feito tudo para merecer suas graças, arranjando-me um companheiro, conforme sua especialidade. Guardo recato. 
Pouco saio, fugindo às tentações. Só vou à igreja…
Comungo diariamente, acendo velas em sua homenagem, repito o rosário duzentas vezes, rogo ardentemente… 

O que está faltando? 

O santo sorriu: 

– Minha filha, tenho procurado ajudá-la, mas está difícil, porquanto depende de você. Participe da vida social, freqüente uma escola, integre-se em serviços comunitários, amplie seu círculo de relações… Dê uma chance ao amor! 

*** 

André Luiz faz interessante observação, em Ação e Reação, psicografia de Chico Xavier: Deus ajuda as criaturas por intermédio das criaturas. Sempre há Espíritos dispostos a atender nossas rogativas, quando orientadas pelo coração, em empenho contrito de comunhão com a Espiritualidade. Podemos dirigi-las a Deus, a Jesus, aos santos, aos guias, protetores, aos anjos, de acordo com nossas convicções religiosas. Os santos autênticos, Espíritos iluminados que passaram pela Terra, como Francisco de Assis, Antonio de Pádua, Tereza D’Ávila, Maria de Nazaré, Simão Pedro, não têm condições para atender, pessoalmente, às multidões que os procuram, em milhões de preces a eles dirigidas, diariamente. Para tanto, contam com enorme contingente de auxiliares, que em seu nome ajudam os fiéis. O mesmo acontece na área espírita, com veneráveis entidades, como Bezerra de Menezes, Eurípides Barsanulfo, Cairbar Schutel, Batuíra e, hoje, o nosso querido Chico Xavier.

Em nível mais modesto, há familiares, amigos e mentores desencarnados, que atentam às nossas rogativas, a partir de singelas iniciativas. Jamais estaremos desamparados. Contamos, invariavelmente, com o amparo das criaturas de Deus que, em nome do Criador desenvolvem iniciativas que visam nosso bem-estar. Ficaríamos surpreendidos se tivéssemos consciência do permanente empenho de nossos amigos espirituais, buscando ajudar-nos a aproveitar as oportunidades de edificação da jornada humana. E o fazem por amor ao Bem, como é próprio dos Espíritos que vivenciam em plenitude as leis divinas, conscientes de que a felicidade do Céu está em socorrer as necessidades da Terra. 

*** 

Não obstante, é preciso atentar a um detalhe quando rogamos auxílio aos benfeitores espirituais. Eles não são babás, chamados a cuidar de marmanjos. Sua função primordial é nos inspirar a fazer o melhor. Mostram caminhos. A iniciativa de caminhar é nossa. É preciso sair a campo, lutar pelo ideal, trabalhar pela realização de nossos sonhos, para que não nos situemos como a jovem que estava ficando para titia, por fechar-se numa redoma, sem acesso para o “príncipe encantado”. 

 

Do Livro Abaixo a Depressão




Assuntos Relacionados

Sobre o Autor

Richard Simonetti

já publicou 4 artigos em nosso site.

Richard Simonetti participa do movimento espírita desde 1957, quando integrou-se no Centro Espírita "Amor e Caridade", que desenvolve largo trabalho no campo doutrinário de assistência e promoção social. Articulou o movimento inicial de instalação dos Clubes do Livro Espírita, que prestam relevantes serviços de divulgação em dezenas de cidades. É colaborador assíduo de jornais e revistas espíritas, notadamente "O Reformador", "O Clarim" e "Folha Espírita". Funcionário aposentado do Banco do Brasil, vem percorrendo todos os Estados brasileiros e alguns países em palestras de divulgação da Doutrina Espírita.

Deixe um Comentário sobre esse Artigo

Não fazemos psicografias!
Se você pretende deixar um comentário para pedir psicografias, infelizmente não poderemos atendê-lo nesse sentido. Se você deseja obter informações sobre esse tipo de atividade, acesse esse link para visitar outro site que pode lhe auxiliar neste sentido.

Copyright © 2014 Centro Espírita Batuíra Sorocaba. Todos os direitos reservados.